11/10
Geral

Novo sistema de pesagem de microingredientes ajuda a segurança do processo produtivo

O sistema traz em seu conceito um grande ganho na segurança e na rastreabilidade de todas as matérias-primas usadas na sala de microingredientes

 

A Vaccinar implantou na unidade Bom Despacho, em junho deste ano, um novo sistema de pesagem de microingredientes: o controle de todo sistema de pesagem através do PLC (Programmable Logic Controller). Segundo a Gerente de Regulatórios e Segurança de Alimentos, Cláudia Lúcio, ao eliminar a possibilidade de erro humano, o método amplia a segurança do processo. “Com esse procedimento, a pesagem acontece após o destravamento do sistema, pela leitura do código de barras. Dessa forma, pesa-se um único ingrediente por vez de modo a assegurar o controle total do modelo de pesagem”, explica.

Complementando, Rodolfo Bhering, Gerente da filial de Bom Despacho, acrescenta que todas as caixas de pesagem dos microingredientes obedecem ao comando do PLC, isto é, as caixas são fechadas através de fechaduras magnéticas que só permitem a abertura e fechamento por meio da leitura do código de barras.

Após a pesagem do produto com balanças de precisão, uma etiqueta com os dados referentes àquela matéria-prima é emitida. “Para asseverar a plena segurança, a reposição das matérias-primas obedece ao mesmo critério, ou seja, somente com leitura do código de barras é que a fechadura é aberta, garantindo a rastreabilidade e a confiabilidade na reposição dos produtos”, enfatiza.

Cláudia explica que ao eliminar qualquer possibilidade de erro na pesagem, amplia-se a idoneidade do produto, e, consequentemente, a segurança do animal, em ingerir exatamente o que é necessário ao seu desenvolvimento, sem riscos a sua saúde e à saúde do consumidor final. Bhering acrescenta que o sistema traz em seu conceito um grande ganho na segurança e na rastreabilidade de todas as matérias-primas usadas na sala de microingredientes da empresa.

Nesse processo, em decorrência da automatização do sistema, que assegura que as caixas sejam fechadas magneticamente e só abram quando o comando do sistema permitir, registra-se um grande ganho no procedimento, uma vez que todas as pesagens obedecem a critérios de excelência. Do mesmo modo, a rastreabilidade inversa dos produtos Vaccinar são totalmente confiáveis.

Finalmente, explica Bhering, como a empresa busca oferecer ao cliente o máximo em qualidade, a exemplo da Certificação ISO 22000 (Sistema de Gestão de Segurança do Alimento), essa automatização foi mais um passo para a Companhia garantir a todos os seus clientes a segurança, a qualidade e a confiabilidade na preparação dos seus produtos”, conclui.